1. Capa
  2. → Notícias
  3. → Convênio MMA/Funai levará ações de conservação ambiental do Programa Áreas Protegidas da Amazônia para regiões habitadas por índios

Convênio MMA/Funai levará ações de conservação ambiental do Programa Áreas Protegidas da Amazônia para regiões habitadas por índios

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailfacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Parceria entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) levará ações de conservação ambiental do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa) para regiões indígenas. A iniciativa foi celebrada nesta quinta-feira (23/08), por meio da publicação do Acordo de Cooperação Técnica MMA/Funai no Diário Oficial da União. O recurso utilizado para a execução da Parceria faz parte das linhas de investimento do Projeto Arpa com o Banco Mundial (US$ 15,9 milhões, equivalentes a R$ 32 milhões) e Banco Alemão KFW (10 milhões de euros, ou R$ 25,4 milhões).

"Este acordo torna-se um importante marco para a parceria com a Funai pelo fato de estabelecer uma aliança que dará lugar à realização de atividades sinérgicas e ao melhor alcance das metas entre as instituições envolvidas", destaca a especialista em Cooperação Internacional do Departamento de Áreas Protegidas da Secretaria de Biodiversidade e Florestas do MMA, Carla Navarro. A partir das ações de capacitação técnica previstas no Acordo será possível implantar Planos de Ação dos Povos Indígenas (PPIs) previstos no Programa Arpa.

RECURSOS NATURAIS

Fazem parte da cooperação MMA/Funai ações de promoção da subsistência alternativas e compensatórias das atividades restringidas ou proibidas e promoção de tecnologias de uso dos recursos naturais que sejam mais sustentáveis nas terras indígenas. Além de capacitação relacionada à conservação ambiental e ao uso sustentável dos recursos naturais e atividades de proteção conjunta das áreas, incluindo a garantia da permissão do acesso dos povos indígenas a seus lugares sagrados.

Outra linha de ação do Acordo é o desenvolvimento da competência gerencial das equipes e de parceiros envolvidos com o planejamento e a gestão das Unidades de Conservação no que diz respeito à sua interação com terras indígenas. "Todas as atividades estarão em conformidade com o Projeto de Gestão Ambiental e Territorial Indígena (Gati), desenvolvido em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), bem como com a implantação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (Pngati)". Para ela, tais ações serão desenvolvidas de forma que as ações do MMA e Funai sejam complementares e sinérgicas.

Fonte: Site MMA
Fonte URL: http://www.mma.gov.br/informma/item/8618-arpa-amplia-fronteiras

mais notícias ++++

Screen Shot 2015-12-25 at 7.49.40 PM

Antropólogo transforma mitos da cultura indígena em jogo de aventura

Transformar os mitos da cultura indígena em um jogo de aventura para computador, essa foi a grande realização do antropólogo Guilherme Meneses em 2015. 2015 ficará marcado para o antropólogo Guilherme Meneses, de 27 anos, como o ano em que concluiu o projeto de sua vida: a criação e o desenvolvimento final do primeiro videogame […]  Leia mais

Screen Shot 2015-12-25 at 3.43.14 PM

Primeiros resultados sobre água da bacia do Rio Doce são revelados

Relatório preliminar com a análise da qualidade da água e de sedimentos na área afetada pela lama registra índices de manganês, arsênio e chumbo muito acima do permitido. Com o rompimento da barragem da mineradora Samarco em Mariana (MG), no último dia 5 de novembro, o mar de lama também carreou diversas informações desencontradas sobre […]  Leia mais

Screen Shot 2015-12-22 at 10.51.10 PM

A floresta que nunca foi virgem

Durante séculos o mundo conviveu com a ideia da Amazônia como lugar de rara presença humana. É uma noção que tem origem em descrições de viajantes e cientistas dos séculos 17 e 18 e que atravessou o século 20. Nas últimas décadas, descobertas arqueológicas revelaram outra perspectiva: a de que a Amazônia, até a chegada […]  Leia mais

cl_mp

Caravana da esperança do ministério publico no território do Cinta Larga

No dia 23 de outubro de 2015 o ministério publico convidou varias instituições governamentais e não-governamentais, a imprensa, a policia militar e políticos para conhecer varias questões que o povo Cinta larga sofre hoje. Alguma delas é saúde, educação, garimpeiros e madeireiros ilegais na terra indígena. O resultado do encontro foi que nove deputados prometeram […]  Leia mais

reginaldo_1440520596

Expedição organizada pelo grupo CLAMOR levará autoridades até a Terra Indígena do povo Cinta Larga

A “Caravana da Esperança” acontecerá no dia 02 de outubro de 2015. Já está confirmada a presença do governador do estado Confucio Moura que deve levar parte do seu secretariado, além do vice-governador e vários parlamentares federais, estaduais e municipais. O convite também foi feito pela coordenação do grupo Clamor comandado pelo procurador da república […]  Leia mais

farinha_1440678371

Senar e Kanindé realizam curso de beneficiamento de mandioca na Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau

Quinze indígenas da etnia Jupaú participam do curso de capacitação e fortalecimento das técnicas de higienização e educação ambiental indígena na Fabricação da Farinha promovido pela Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé em parceria com o SENAR/RO e Associação Jupaú com apoio da oganização Amigos da Terra / Suécia . O treinamento é realizado na Terra Indígena Uru-Eu-Wau-Wau […]  Leia mais

biojoias_1440381827

Mulheres indígenas de MT usam a internet para vender biojoias

Para aumentar a renda, indígenas da etnia Umutina passaram a vender os artesanatos produzidos nas aldeias no município de Barra do Bugres, a 169 km de Cuiabá, na internet. Os colares, pulseiras, brincos e anéis são produzidos a partir de sementes e fibras naturais, principalmente o tucum. Os preços variam de R$ 10 a R$ […]  Leia mais

queimada_1440519153

Tempo seco faz aumentar o número de casos de queimadas em RO

 O tempo seco faz as queimadas se espalharem por Rondônia. Equipes de fiscalização da Secretaria do Meio Ambiente estão constatando no campo que muitos incêndios são propositais. Em todos os dias de agosto Rondônia amanheceu com a fumaça das queimadas encobrindo o sol. Com o clima quente e seco, a equipe de fiscalização percorre as […]  Leia mais

fogo_1440211959

Indigenas de sete etnias de RO, AM e PA participam de Curso de Agente Ambiental em Porto Velho

 O curso de Agente Ambiental Indígena e Monitoramento da Biodivesidade promovido pela Kanindé este ano reúne indígenas de sete etnias dos Estados de Rondônia, Amazonas e Pará no Centro de Formação da Kanindé na estrada do areia branca em Porto Velho. Participam jovens das etnias Cinta Larga, Jupaú/Urueu-Wau-Wau, Suruí/Paiiter, Munduruku, Jiahui, Oro-Nao e Parintintin. Durante […]  Leia mais

fogo_1440211959

Conselho municipal de desenvolvimento ambiental de Guajará-mirim aprova seu regimento interno

A elaboração do regimento interno foi uma das discussões realizadas por membros do conselho municipal de desenvolvimento ambiental de Guajará-mirim na ultima reunião ocorrida no auditório da Secretaria de Meio ambiente do município. Fazem parte do conselho diversas entidades, entre elas a Associação de Defesa Etnoambiental Kanindé. “O Regimento Interno do COMDEA foi aprovado por […]  Leia mais