1. Capa
  2. → Notícias
  3. → Convênio MMA/Funai levará ações de conservação ambiental do Programa Áreas Protegidas da Amazônia para regiões habitadas por índios

Convênio MMA/Funai levará ações de conservação ambiental do Programa Áreas Protegidas da Amazônia para regiões habitadas por índios

facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmailfacebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Parceria entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e a Fundação Nacional do Índio (Funai) levará ações de conservação ambiental do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (Arpa) para regiões indígenas. A iniciativa foi celebrada nesta quinta-feira (23/08), por meio da publicação do Acordo de Cooperação Técnica MMA/Funai no Diário Oficial da União. O recurso utilizado para a execução da Parceria faz parte das linhas de investimento do Projeto Arpa com o Banco Mundial (US$ 15,9 milhões, equivalentes a R$ 32 milhões) e Banco Alemão KFW (10 milhões de euros, ou R$ 25,4 milhões).

"Este acordo torna-se um importante marco para a parceria com a Funai pelo fato de estabelecer uma aliança que dará lugar à realização de atividades sinérgicas e ao melhor alcance das metas entre as instituições envolvidas", destaca a especialista em Cooperação Internacional do Departamento de Áreas Protegidas da Secretaria de Biodiversidade e Florestas do MMA, Carla Navarro. A partir das ações de capacitação técnica previstas no Acordo será possível implantar Planos de Ação dos Povos Indígenas (PPIs) previstos no Programa Arpa.

RECURSOS NATURAIS

Fazem parte da cooperação MMA/Funai ações de promoção da subsistência alternativas e compensatórias das atividades restringidas ou proibidas e promoção de tecnologias de uso dos recursos naturais que sejam mais sustentáveis nas terras indígenas. Além de capacitação relacionada à conservação ambiental e ao uso sustentável dos recursos naturais e atividades de proteção conjunta das áreas, incluindo a garantia da permissão do acesso dos povos indígenas a seus lugares sagrados.

Outra linha de ação do Acordo é o desenvolvimento da competência gerencial das equipes e de parceiros envolvidos com o planejamento e a gestão das Unidades de Conservação no que diz respeito à sua interação com terras indígenas. "Todas as atividades estarão em conformidade com o Projeto de Gestão Ambiental e Territorial Indígena (Gati), desenvolvido em parceria com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), bem como com a implantação da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (Pngati)". Para ela, tais ações serão desenvolvidas de forma que as ações do MMA e Funai sejam complementares e sinérgicas.

Fonte: Site MMA
Fonte URL: http://www.mma.gov.br/informma/item/8618-arpa-amplia-fronteiras

mais notícias ++++

neidinha-brasilia

Kanindé lutando pelos indígenas em Brasília

 A sócia fundadora da Kanindé, Ivaneide Bandeira “Neidinha”, está nesta semana em Brasília para uma série de atividades. Em reunião do Conselho Nacional do Meio Ambiente, Neidinha denunciou o desmatamento em Rondônia, a sobreposição de terras indígenas, o aumento das cotas para hidrelétricas e invasões das Unidades de Conservação e Terras Indígenas. Além disso, participou […]  Leia mais

feira-semente

Troca de sementes, Troca de Saberes

Está acontecendo na Aldeia Gãpgír do povo Paiter Suruí a I Feira de Sementes Indígenas de Rondônia. O objetivo do evento é promover o debate sobre a segurança alimentar nas terras indígenas com a troca de sementes e saberes. Além disso, é um espaço importante para conhecer os trabalhos desenvolvidos atualmente nas Terras Indígenas e […]  Leia mais

peq

Solidariedade aos indígenas norte americanos

Não são só as terras indígenas Brasileiras que sofrem constantes ataques. No estado de Dakota do Norte, nos EUA, um projeto quer construir oleodutos que ameaçam suprimentos de água e locais sagrados dos nativos americanos. Nós da KANINDÉ prestamos solidariedade à luta dos companheiros indígenas. #NoDAPL  Leia mais

sobrevoo-4

Carta das organizações indígenas e indigenistas sobre a criação de novo mecanismo de financiamento de projetos dos povos indígenas

O Fundo Amazônia foi criado para apoiar ações que contribuam com a prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento e promoção da conservação e uso sustentável da Amazônia Legal. O público alvo prioritário do Fundo são as comunidades tradicionais e povos indígenas, assentados da reforma agrária e agricultores familiares, conforme definido nos critérios orientadores do Fundo […]  Leia mais

tanque-gaviao

Construção e Reforma de tanques de piscicultura

A Kanindé está construindo e reformando tanques de piscicultura na Terra Indígena Igarapé Lourdes para os povos Gavião e Arara. As obras fazem parte do projeto Amazônia Indígena Sustentável com apoio do BNDES e das associações ASSIZA e Karo Pajgap.  Leia mais

asdfa-4

Kanindé apresenta Plano de Manejo da Resex Rio Cautário

A Kanindé apresentou em Costa Marques o Plano de Manejo da Reserva Extrativista Estadual Rio Cautário. O projeto começou há cerca de dois anos e é um estudo detalhado não só da fauna e flora da região como também da história das comunidades no local. Com o Plano de Manejo em mãos, agora os extrativistas […]  Leia mais

asdfa-3

Kanindé vai reformar postos de vigilância na T.I. Igarapé Lourdes

A Kanindé e representantes dos povos Gavião e Arara tiveram uma reunião para discutir a reforma de dois postos de vigilância na Terra Indígena Igarapé Lourdes. As obras tem como objetivo inibir invasões e a extração ilegal de madeira que infelizmente é um problema comum na região. O encontro aconteceu na última semana em Ji-Paraná […]  Leia mais

viveiro

Kanindé contrói viveiros junto com o povo indígena Zoró

Viveiro construído pela Kanindé junto com o povo Zoró porque estamos juntos com os indígenas na proteção da floresta!.  Leia mais

kaninde

Ampliação do alojamento do Centro de Formação Kanindé

Estamos ampliando as instalações do Centro de Cultura e Formação Kanindé, local que recebe cursos, reuniões e eventos diversos. O alojamento novo, por exemplo, tem capacidade para 48 pessoas e uma quadra esportiva também está sendo construída.  Leia mais

ritual

A Festa da Menina-Moça Tejuvi Juma-Uru Eu Wau Wau

No cinema, denomina-se “ponto de virada” o instante ou acontecimento em que se quebra o rumo da história e leva a narrativa para outra direção. É um momento crucial que interliga etapas distintas. Na cultura indígena, muitas etnias têm um processo semelhante para marcar a transição na vida de uma adolescente para o estágio de […]  Leia mais