Capa  Notícias leia mais Povos indígenas crescem e já são 8,3% da população latina, revela pesquisa

Povos indígenas crescem e já são 8,3% da população latina, revela pesquisa

A América Latina tem 826 povos indígenas, com 45 milhões de pessoas que representam 8,3% da população total da região, segundo um relatório apresentado nesta segunda-feira em Nova York pela Cepal, que destaca melhorias em saúde, educação e participação política na última década. O novo número de 45 milhões de indígenas até 2010 significa um aumento de 49,3% na primeira década do século XXI, já que em seu relatório anterior de 2007 a Comissão Econômica para a América Latina da ONU havia estimado um número de 30 milhões de pessoas e 624 povos autóctones em 2000. A apresentação do documento ocorreu no âmbito da Conferência Mundial sobre os Povos Indígenas que as Nações Unidas (ONU) realizam nesta segunda e terça-feira, e em cuja abertura participaram vários presidentes latino-americanos, como Evo Morales (Bolívia), Michelle Bachelet (Chile) e Enrique Peña Nieto (México). Trata-se de uma recuperação demográfica de magnitude considerável, indica a Cepal em seu documento, falando de uma taxa de crescimento médio anual de 4,1%, muito acima do 1,3% registrado para a América Latina (+13,1% para a década). A recuperação não obedece apenas à dinâmica demográfica, mas também a um "aumento da autoidentificação", destaca o relatório. "Temos um número mais alto porque há uma autoidentificação maior por parte dos povos", afirmou neste sentido Alicia Bárcena, secretária-executiva da Cepal, ao apresentar o estudo na sede da ONU. Embora a Bolívia, com 6,2 milhões de indígenas que representam 62,2% de seus habitantes, seja o país da América Latina com a maior porcentagem de população autóctone, o México conta com 17 milhões de cidadãos desta origem (15,1%). Outros países com grande população nativa são Peru (7 milhões, ou seja, 24%), Guatemala (5,9 milhões, 41%), Equador (um milhão, 7%), Colômbia (1,6 milhão, 3,4%), Chile (1,8 milhão, 11%) e Nicarágua (520.000, 8,9%). Segundo a Cepal , que menciona 826 povos indígenas, "estima-se que além disso outros 200 vivam em isolamento voluntário". O Brasil é o país com a maior quantidade de povos indígenas, ao somar 305 (900.000 pessoas, 0,5% de sua população), seguido por Colômbia (102), Peru (85), México (78) e Bolívia (39).

mais notícias ++++

Universidade da Flórida promove curso de capacitação e Formação em Porto Velho

O curso de capacitação e formação de uma comunidade prática com o tema “Fortalecendo Iniciativas de Governança” será realizado em novembro deste ano, no centro de formação da Kanindé em Porto Velho. O primeiro modulo está previsto para ocorrer entre os dias 04 e 13 de novembro. O principal objetivo do curso é fortalecer ... Leia mais

Amazônia: números de desmatamento encobrem devastação

“A natureza ama esconder-se” tem sido a principal tradução de um dos fragmentos que restaram do pensamento do filósofo pré-socrático Heráclito, que viveu nos séculos 6º e 5º a.C. em Éfeso, na atual Turquia.* Levando em conta que phýsis não significa apenas “natureza”, na década de 1940 o alemão Martin Heidegger (1889-1976) traduziu essa expressão, ... Leia mais

Índios querem espaço no Google Earth

Um grupo indígena brasileiro está prestes a assinar um acordo que promete, segundo seus próprios membros, revolucionar a história de séculos da tribo. O grupo Suruí fechará uma parceria com a gigante Google para incluir sua aldeia de 1,2 mil habitantes no Google Earth, serviço de imagens de satélite e mapas via internet, e adicionar palavras na língua falada pelos ... Leia mais

< anteriorpróximo >

Carregando ...

[<<]

[>>]

[X]